quinta-feira, 2 de junho de 2011

Tapioca

Imprimir postagem

A tapioca é o nome da iguaria tipicamente brasileira, de origem indígena tupi-guarani, feita com a fécula extraída da mandioca, também conhecida como goma de mandioca, goma seca, polvilho doce e fécula de mandioca. Esta, ao ser espalhada numa chapa ou frigideira aquecida, coagula-se e vira um tipo de panqueca ou crepe seco. O recheio varia, mas os mais tradicionais são o de coco ou coco com queijo.

O nome tapioca é derivado da palavra tipi'óka «coágulo», o nome para este amido em Tupi. 

História

Os povos tupis-guaranis, que ocupavam a faixa litorânea leste do território brasileiro desde o sul até o norte, foram os responsáveis pelo domínio comestível da mandioca. A mandioca, produzida sob o sistema da agricultura de subsistência, era a base da alimentação do Brasil até a chegada de Pedro Álvares Cabral. A tapioca nasceu através da necessidade de diminuir o tamanho do beiju e poder passar a ser cozida no fogo.
Pouco após os primeiros anos do descobrimento, os colonizadores portugueses na Capitania Hereditária de Pernambuco descobriram que a tapioca servia como bom substituto para o pão. Na cidade de Olinda se consumia intensamente o beiju, a farinha e a tapioca, extraídos da mandioca, desde o século XVI com a criação portuguesa da Casa de Farinha em Itamaracá (Pernambuco).
A tapioca logo se espalhou pelos demais povos indígenas, como os cariris no Ceará e os Jês, na Amazônia oriental. Ainda, se transformou posteriormente na base da alimentação dos escravos no Brasil. Tudo isso serviu para transformar a tapioca, hoje, num dos mais tradicionais símbolos da culinária por quase todo o nordeste.

Patrimônio imaterial e cultural

O Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda (Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, pela UNESCO) concedeu à Tapioca o título de Patrimônio Imaterial e Cultural da Cidade em 2006, mesmo ano em que Olinda recebeu o título de 1ª Capital Brasileira da Cultura (Ministério da Cultura e Ministério do Turismo, Governo Federal).
Apesar de muito popular e integrante da culinária típica de diversos estados nordestinos, a tapioca mais tradicional do Brasil ainda se encontra no Alto da Sé, em Pernambuco (preservada pela Associação das Tapioqueiras de Olinda). Em outros estados, a tapioca sofreu algumas modificações quanto à original ( formato ou recheio).


Vamos aos ingredientes da tapioca de coco com queijo 
  •  Goma de mandioca peneirada (no sul é mais conhecida como polvilho doce);
  • Sal;
  • Coco ralado ( o fresco fica mais gostoso);
  • Manteiga ou margarina;
  • Queijo coalho ralado (às vezes uso queijo minas padrão).
Preparo:

Misture à goma 1 pitada de sal e reserve. Esquente uma frigideira, coloque 5 colheres (sopa) da goma e espalhe com a colher de forma uniforme ( como se estivesse fazendo uma panqueca) . Coloque 3 colheres (sopa) de coco ralado sobre a goma, espalhe cerca de 1/2 colher (chá) de manteiga e acrescente 2 a 3 colheres (sopa) de queijo. Dobre a tapioca ao meio e vire dos dois lados para  derreter o queijo. Sirva quente.

Dicas para recheio:
  • Só manteiga;
  • Só coco ralado;
  • Coco com leite condensado;
  • Coco, queijo e leite condensado;
  • Coco, queijo e doce de leite;
  • Queijo com goiabada;
  • Carne de sol refogada;
  • Frango com catupiri entre outros...


Dica sobre a goma: Para que a tapioca não fique muito seca, muito antes de sua preparação, faça o seguinte:

Coloque a goma em um recipiente e acrescente água (vai ficar parecendo um leite e que você perdeu a goma), mas com o passar do tempo vai ocorrer um processo de decantação e a goma vai acomodar no fundo do recipiente. Quando ocorrer a separação total da água com a goma (leva + ou - 2 horas) escorra a água e você terá 2 opções para retirar o excesso de água:
 
Sobre a goma coloque um pano de prato dobrado limpo ou polvilhe farinha de mandioca sobre a  mesma. Deixe absorver o excesso de água por uns 30 minutos. Se caso usar a farinha de mandioca, depois desse tempo, raspe essa farinha da superfície da goma utilizando uma colher. Quebre os pedaços de goma, passe pela peneira e já está pronta para o uso. Guarde a goma em um saco plástico ou num recipiente tampado na geladeira para que ela não perca a umidade. 
 
Espero que gostem da dica!  

18 comentários:

  1. OLÁ AMIGA!
    AMO TAPIOCA, COM UM CAFEZINHO É UMA DELÍCIA!
    PENA QUE EU NÃO CONSIGO FAZER AS MINHAS FICAM SECAS, RSRS.
    MAS AGORA COM ESSA RECEITA VOU FAZER DIREITINHO.

    BOM FIM DE SEMANA!
    BJS......

    ResponderExcluir
  2. VOU TE ADERIR NA MINHA LISTA DE BLOGS, PARA DIVULGAR MELHOR O SEU BLOG QUE É BOM D+!
    SÓ TEM RECEITAS MARAVILHOSAS!
    BJS......

    ResponderExcluir
  3. oie, vim conhecer seu blog e tambem te convidar pra participar do sorteio no meu blog de receitas. sera seis ganhadores em um unico sorteio, participe! bjs

    http://adrianareceitas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Van,(OLha a intimidade..kkkk)
    vim conhecer o seu cantinho.
    Apesar da pausa no meu blog, estou sempre de olho nas cozinhas das amigas.
    Vi que ela é novinha, até chego a sentir o cheirinho de comidinha saindo do forno....

    Adorei a receita de hoje,
    pois amo tapioca, mas nunca fiz.
    Sempre pago uma baba para matar a vontade de comer tapioca.
    Preciso fazer em casa, e com tantas dicas assim, fica fácil.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Van, vim retribuir sua visita ao meu cantinho, e conhecer o seu, estou gostando muito e de cara esse post super interessante sobre a tapioca. Adoro tapioca. Voltarei mais vezes. E vc, volte sempre ao meu cantinho, será sempre muito bem vinda..bjokas ótimo domingo prá vc

    ResponderExcluir
  6. Queria saber como se faz para fazer um trabalho de escola.. a receita é ótima a tapioca ficoou realmente muito boa!

    ResponderExcluir
  7. Mulher, tu é demais, visse?!
    Sou baiana e vivo em Portugal e moooooooooorro de saudade das nossas iguarias. Meu marido tuga adora isso que vcs pernambucanos chamam de tapioca. Lá na Bahia, chamamos de beiju, embora haja outra coisa que chamamos tb de beiju q tem formato de losango e é durinho.
    Vou fazer e volto pra lhe contar!
    Obrigada por partilhar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. oi gastaria de sabe como faze a goma de madioca ralada tem que rala e deixa de molho ou nao?

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela sua visitae, respondendo a sua dúvida, você pode extrair a goma de duas maneiras:

    1ª Rale a mandioca e acrescente uma quantidade boa de água para soltar o amido. Você vai perceber que essa água ficará com uma aparência leitosa. Em seguida, use um pano de prato para coar essa massa. Esprema bem pois a goma será retirada do líquido que se formará. A fibra da mandioca que ficará no pano pode ser utilizada no preparo de bolos por exemplo. Você colocará o líquido obtido em um recipiente e o deixará parado por algumas horas pois o amido irá decantar e ficará no fundo do recipiente. Despeje a água e para secar a goma, vc pode colocar um pano de prato sobre a mesma ou então, um pouco de farinha, como já expliquei no post.

    2ª Corte a mandioca em pedaços pequenos e bata aos poucos no liquidificador com água. Coe com o auxílio de um pano de prato, reserve o líquido e deixe decantar até a goma ficar acumulada no fundo do recipiente (forma mais fácil).

    Obs.: Utilize uma boa quantidade de água para extrair uma boa quantidade do amido... Se usar pouca água, o excesso de amido vai continuar na fibra da mandioca.
    Se vc fizer, depois me fala se deu certo ok!

    ResponderExcluir
  10. oi querida obrigada por me responde
    vou faze depois te falo se deu certo ok bjc

    ResponderExcluir
  11. obrigada pela dica vou tentar amanha mesmo eu amo tapioca, e estou pensado em fazer para comercializar mas para isso preciso ficar tarimbada

    ResponderExcluir
  12. ain amo tapiocaaa, comprei estes dias no mercado a farinha de tapioca granulada e não deu certo não, ficou igual uma cola, não soube usar a farinha. Mais vou tentar fazer esta e dpois te falo adorei a dica.... haaa com o polvilho doce eu fasso o mesmo precedimento? beijooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ange! No caso de vc utilizar o polvilho doce, é só pulverizar o polvilho com um pouco de água (pouquíssima água), misturar com o auxílio de uma colher, acrescentar uma pitada de sal e peneirar.

      Excluir
  13. Minha goma sempre ficava seca e eu não sabia o porque,achava que o a farinha de tapioca já vinha pronta :-)
    Vou utilizar essa sua dica.
    Bjos obrigado!!

    ResponderExcluir
  14. Van,
    Parabéns pelos ensinamentos e dicas! Agora posso dizer que sou mineira, mas posso fazer tapioca com orgulho: ficou deliciosa e olha que segui seu passo a passo direitinho e pedindo a sua permissão, guardei todas as suas dicas em meu blog, o qual, já a convidei para conhecê-lo, quando vim aqui fazer a minha pesquisa. Coloquei direitinnho a fonte de seu blog, para quem quiser vir aqui conhecer seu cantinho e suas dicas. Parabéns mais uma vez! Aguardo vc em meu blog. Acesse-me, ok?! Bj, Márcia

    ResponderExcluir
  15. Obrigada pelas dicas!!! Vamos curtir muito!!!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz em receber seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...