quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Bolinho de baunilha

Imprimir postagem
Esse bolinho é maravilhoso! Sempre preparo para levar como lanche para o trabalho e também utilizo essa massa para preparar cupcakes.





Essa receita rende 12 unidades.

Ingredientes:
  • 1 e 1/2 de xícara (chá) de farinha de trigo;
  • 3/4 de colher (chá) de bicarbonato de sódio;
  • 1/4 de colher (chá) de sal;
  • 1 colher (chá) de fermento;
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar;
  • 1/3 de xícara (chá) de óleo de milho ou canola;
  • 1 ovo;
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha;
  • 3/4 de xícara (chá) de butermilk (prepare colocando 1 colher de sopa de vinagre branco em 1 xícara de chá de leite - misture, deixe descansar por 10 minutos e já pode utilizar).
Preparo:
 
Comece arrumando as forminhas de papel próprias para cupcakes na forma de muffins/ cupcakes ou mesmo em forminhas para empadas. Reserve. Ligue o seu forno a uma temperatura de 180º e deixe aquecer enquanto você prepara a receita.
 
Penere a farinha de trigo, o bicarbonato e o sal em um recipiente e reserve.
Com o auxílio da batedeira, bata o açúcar, o óleo, o ovo e a essência de baunilha até ficar um creme homogêneo. Alternadamente, acrescente a esse creme a farinha de trigo com o butermilk e continue batendo até ficar homogêneo. Acrescente o fermento batendo rapidamente, só para misturar.
 
Despeje a massa nas forminhas enchendo no máximo 3/4 das mesmas. Leve ao forno por cerca de 22 minutos. Retire do forno e deixe os bolinhos descansando por uns 5 minutinhos dentro da forma. Depois desse tempo, retire-os da forma e deixe terminar de esfriar sobre uma grade.

2 comentários:

  1. monica do nascimento8 de novembro de 2012 15:00

    huummmmmm VAN que delícia hein ,parabéns!!!!!!!!
    vou fazer depois volto p contar .

    ResponderExcluir
  2. Cinco letras…
    Cinco pontas de cadente perdida na aurora
    Na loucura de alguns instantes escrevo
    Descalço vou adiante num ir longe, embora

    Solto das mãos murmúrios sussurrantes
    Do basalto explode um bando de pombos bravos, alguns negros
    Há um livro branco apenas com a palavra ausência
    Há uma carta de marear para um rumo de mil segredos

    Flores de solidão crescem em pedaços de fria lava
    Um espantalho saltou-me do bolso a remexer
    Uma sombra desceu a janela e tocou-me
    Cerrei olhos para sentir o que não queria ver

    Luminoso fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir

Fico muito feliz em receber seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...